Bombeiros Mirins prestam homenagem às mães

Um dia de emoção e homenagens: assim pode ser definida a quarta-feira (06) para as mães dos cerca de oitenta adolescentes atendidos, no turno inverso ao escolar, pelo Programa Bombeiro Mirim. Isso porque, nela, foi antecipada a comemoração desse domingo, no programa de assistência social mantido em parceria pela Congregação de Nossa Senhora, a Prefeitura Municipal de Passo Fundo, através da Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social, e o Corpo de Bombeiros.

Notre-Dame (7)A celebração motivada pelo Dia das Mães aconteceu nos dois turnos de atendimento aos adolescentes com idades entre 13 e 16 anos. Pela manhã, as homenageadas, acompanhadas pelos filhos, assistiram ao espetáculo “Faixa de Graça”, encenado pelos atores Miraldi Junior e Guto Pasini, do Núcleo Ritornelo de Teatro. Na peça, os palhaços Canela e Eustáquio partem em busca de uma nova terra onde desejam fundar um novo país. Através do olhar ingênuo comum a esses personagens do imaginário popular, eles procuram uma realidade diferente, na qual a alegria, a brincadeira e a felicidade são elementos fundamentais para a construção do território.

Já, pela parte da tarde, as mães se emocionaram ao ouvir os filhos cantarem para elas a música “Mãe”, composta pela dupla Rick e Renner, e ao receberem um porta-chaves, produzido e pintado pelos próprios adolescentes, como presente para a data. Na oportunidade, elas conheceram alguns dos talentos que os jovens estão desenvolvendo, nas oficinas oferecidas pelo Bombeiro Mirim.

Saionara da Silva Pilar é mãe de Braiam, que integra Notre-Dame (10)o Programa nesse ano. Ela conta que se emocionou ao ver o filho cantar, já que o menino é tímido e não fala muito. “Foi muito bonito ver ele expressando tanto amor por mim”, comenta a mãe, que já teve outro filho atendido pelo projeto.

Para a responsável pelo suporte psicológico aos adolescentes e suas famílias, oferecido pelo Bombeiro Mirim, Cleusa de Siqueira, o momento estimula o carinho entre as mães e os filhos. “As vezes os adolescentes não sabem como expressar todo o amor que sentem pela família e esse momento serviu para aproximá-los ainda mais”, destaca.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>